Vida a Dois

Reforma pode definir o rumo do relacionamento

05:41 Raiany Guimarães 2 Comments

Oi, pessoal! 
Hoje resolvi escrever sobre algo que muitos casais vão precisar ter nesta fase de construção, reforma, compra de apê, principalmente aqueles que não tem uma conta bancária recheada: paciência. 

Sou uma pessoa que não tenho um pingo dela, mas meu noivo parece que nasceu em uma ma redoma de paciência, o que por incrível que pareça também é motivos de algumas brigas, mas também é motivo de muito reconciliação. 

 Nesta fase, para nós, menos afortunados, rola muita pressão por falta de grana, porque tudo que você ganha você investe no apartamento. Por isso a importância de se planejar muito bem este passo na vida, mesmo que não tenha sido meu caso.

No nosso caso não temos dinheiro para mais nada, a não ser o apê. Chega o fim de semana e você quer fazer a algo e não pode, e isso é um saco! Pois a pressão aumenta, porque a semana toda você vive na adrenalina do trabalho, da reforma e das coisas cotidianas que pesam e não tem uma válvula de escape. Sim, temos consciência que é um por curto período, e assim espero, e é algo para um bem maior, mas é um porre! Acho que esta é a primeira grande provação que é um casal pode passar antes de assinar a papelada. 

Depois de ver e analisar, na verdade, estar analisando, esta fase e ver os meus defeitos e os defeitos do meu noivo e, claro, as qualidades de cada um, tive ainda mais a certeza que não é o momento de casar de papel assinado. Acho muito válido o “test drive”. Porém, não julgo aqueles que queiram fazer como manda o figurino, acho que cada um tem que fazer o que se sente bem e feliz. 

No momento, eu acho que analisar o território, curtir esta fase com ele, sem pressão, na verdade, diminuir a pressão, antes de trocar nomes é mais importante que um papel no cartório. O meu conselho: é aproveitem esta fase. Ainda mais se forem muito diferentes um do outro, assim como eu e o Lu, que somo água e o vinho, para se conhecerem. Usem as discussões para analisarem os pós e os contras da relação. 

Quando se une a uma pessoa, é necessário saber que vem um monte de pessoas junto, que talvez você nem goste. Você está preparado? Vem contas e muitas contas. Você está afim de compartilhar o seu salário que ralou o dia inteiro e chegar e pedir para o seu marido ou esposa? Deixar uma pessoa controlar suas despesas? Apontar o dedo na sua cara e dizer que você gastou demais? Que não pode comprar aquela coisa linda que você quer para sua casa porque tem que ajudar a mãe dele (a)? Que não pode comprar aquele sapato porque você já tem sapatos demais? Está preparado para não comprar aquele livro que você amaaaaa só pelo fato que ele é super e mega controlado que não pode ficar 10 dias no especial? Está preparado pelo fato que ele nunca vai te fazer uma surpresa romântica no Dia dos Namorados porque ele acha que já é casado ou que naquele mês o mercado ficou caro demais e por ser tão certinho não pode comprar uma rosa? Você que é descontrolada financeira está disposta a ouvir todo o fim de mês que é gastona e que a vida dos dois não vai para frente por culpa sua? Tudo isso vale a pena levar em consideração antes de assinar os papéis.

Você deve está me perguntando sobre o amor. Mas o amor vence tudo? Vence, nas histórias da Disney. No mundo real ele só ajuda a superar alguns obstáculos, mas não é tudo. Maturidade, às vezes, é melhor e maior que o amor. Além de um foda-se. 

Este post foi para mostrar que é lindo um blog que mostra decoração rosa, móveis planejados, mas que para chegar até aqui já teve choro, brigas e decisões muito difíceis, mas todas normais no mundo dos adultos. Beijos e pensem bem!

Você também pode gostar:

2 comentários:

  1. Essa fase realmente não é fácil, mas vai passar logo e vcs terão um apartamento lindo! São sacrifícios que valem a pena! Aliás, o apê de vocês está ficando muito fofo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa. Realmente é uma fase muito difícil, precisamos abrir mão de muitas coisas, mas acho que a recompensa é bem maior que tudo isso. Muito obrigada pelas palavras de apoio.:)

      Excluir